terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Deputados ficam nus em campanha contra imunidade

Deputados da Eslováquia

Um partido político da Eslováquia colocou seus 17 parlamentares nus em uma campanha contra a imunidade parlamentar.
Na foto, divulgada nesta terça-feira (31), os deputados do Partido da Liberdade e Solidariedade (SaS) aparecem nus, com seus órgãos sexuais cobertos por uma faixa que diz: ‘Vamos despir os parlamentares de sua imunidade’.
O parlamento deve votar uma proposta nesse sentido ainda nesta terça.
Fonte: Portal de noticia G1

Henrique Alves: O senhor dos cargos.

Novo mapa do Brasil que circula no território livre da internet

Veja o novo mapa do Brasil:

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

8 deputados federais do RN gastam quase 1 milhão de reais só em passagens aéreas em 2011


Da revista Época Online:

Em um ano, os 513 deputados federais gastaram pelo menos R$ 14,6 milhões com bilhetes aéreos. Essa é a soma de todos os reembolsos já pagos pela Câmara para viagens de parlamentares e assessores de janeiro a dezembro de 2011 – outros ainda devem ser feitos. Com esse total, seria possível comprar 11.930 passagens São Paulo-Nova York, conforme preços da TAM na semana passada. Isso lotaria 53 Airbus A-330 e ainda deixaria alguns de fora. O campeão em viagens foi Wladimir Costa (PMDB-PA), com quase R$ 128 mil. Depois vem Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), que gastou mais de R$ 100 mil. Há 22 deputados que até agora não pediram nenhum reembolso desse tipo.

Além das passagens, os parlamentares podem solicitar indenização por despesas com telefone, combustível, locação de veículos, publicidade, hospedagem e correio. O site da Câmara apresenta esses gastos, mês a mês, porém sem a possibilidade de fazer rankings. A chamada Cota para Exercício da Atividade Parlamentar varia de R$ 23.033 a R$ 34.259 por mês, conforme o Estado de origem do deputado (quanto mais longe do Distrito Federal, maior). Nesta página estão os campeões em reembolso de bilhete por Estado. Em epoca.com.br estão os totais de todos os deputados.

Eis o total de gastos com passagens aéreas pagas pelo contribuinte com os deputados do Rio Grande do Norte:

Henrique Alves (PMDB) – R$ 101.785,66

Rogério Marinho (PSDB) – R$ 98.789,04

Fátima Bezerra (PT) – R$ 84.958,84

Fábio Faria (PSD) – R$ 79.137,88

Felipe Maia (DEM) – R$ 61.407,42

Paulo Wagner (PV) – 47.316,85

Sandra Rosado (PSB) – 43.450,86

João Maia (PR) – 41.526,93

Somando tudo, a bancada do Rio Grande do Norte na Câmara voou, em 2011, o equivalente a R$ 916.172,26.

Quase 1 milhão de reais.

MEC quer tablets nas escolas


Quando o computador começou a chegar nas escolas, no final da década de 80, ficava restrito às atividades administrativas. O equipamento começou a ser inserido no cotidiano dos alunos por meio dos antigos laboratórios de informática, ainda sem acesso à internet. Hoje, em plena era digital, a promessa é que, em pouco tempo, os tablets estejam nas mãos dos alunos disputando espaço com o quadro negro, livros e cadernos.

Para isso, o Ministério da Educação (MEC) vai lançar este ano um edital para que as redes de ensino possam adquirir o equipamento a custo mais baixo, como fez com os laptops do programa Um Computador por Aluno (UCA).

“Estamos definindo as características do aparelho, vai depender muito inclusive do custo. Não soltamos ainda o edital porque precisa ter uma definição clara dos pré-requisitos do equipamento. Tem que ter acessibilidade, ser resistente e rodar qualquer conteúdo”, explica Sérgio Gotti, diretor de Formulação de Conteúdos Educacionais da Secretaria de Educação Básica do MEC.

Atualmente, cerca de 500 escolas do país contam com os laptops educacionais do UCA. O MEC calcula que 574 mil equipamentos foram adquiridos por meio do pregão do UCA, seja pelo próprio governo federal ou por prefeituras e governos estaduais - o número inclui máquinas que já foram solicitadas e estão a caminho das escolas.

Considerando o total de matrículas na rede pública nos ensinos fundamental e médio, o número de estudantes que têm um computador em mãos hoje dentro da sala de aula representa menos de 2% das matrículas - se cada máquina estiver sendo utilizada individualmente, como previa o projeto original.

 Segundo Gotti, a intenção nunca foi universalizar o programa e levar os laptops a todos os alunos. O ministério defende que os tablets não virão para substituir os laptops, mas complementar as tecnologias existentes nas escolas.

“As políticas na verdade se complementam e a gente espera universalizar a tecnologia unindo os tablets, os laptops e os computadores de mesa. As tecnologias se somam e a gente trabalha com as alternativas disponíveis dentro da melhor realidade de cada ambiente”, explica o diretor do MEC.

O UCA começou a ser pensado em 2005, mas demorou a sair do papel, e as máquinas só chegaram aos estudantes em 2009. Os primeiros computadores foram distribuídos pelo MEC para alguns municípios e na segunda fase as próprias prefeituras adquiriram os aparelhos por meio de um edital organizado pelo governo que reduziu os custos.

O governo ainda não decidiu se irá comprar parte dos tablets com recursos próprios e distribuir para as redes de ensino consideradas prioritários pelo baixo desempenho nas avaliações, como ocorreu com o UCA. Mas o edital para que as prefeituras e os governos estaduais possam comprar os equipamentos se tiverem interesse já está sendo produzido.

Às vésperas da chegada de uma nova tecnologia nas salas de aula das escolas brasileiras, ainda não há uma avaliação oficial dos resultados alcançados pelo UCA em termos de melhoria da qualidade do aprendizado. A percepção nas redes de ensino é que o equipamento desperta grande interesse nos alunos e dá mais motivação, diz Gotti.

“A Universidade Federal do Ceará (UFC) está fazendo esse trabalho de avaliação do UCA, mas não há resultados ainda porque faz pouco tempo que os laptops estão em uso. Mas em geral tem-se constatado que há muito interesse por parte dos alunos no uso do computador em sala de aula que foge daquele modelo tradicional do laboratório de informática. Ele traz um ganho em termos de curiosidade desse aluno que pode pesquisar e entender melhor os conteúdos”, explica.

Neste ano, o MEC divulga o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2011, indicador que mede a qualidade do ensino oferecido pelas escolas do país e é calculado a cada dois anos. Com esses dados será possível comparar se houve melhoria no desempenho das escolas que receberam os laptops entre 2009 e 2011.

Fonte: Nominuto.com

Traficantes do Rio serão transferidos para Mossoró

Os traficantes do Rio: Fabiano Atanázio da Silva e Luis Cláudio Serrat Correa

Os traficantes Fabiano Atanázio da Silva, conhecido como "FB", e Luis Cláudio Serrat Correa, o "Claudinho CL", chegam nesta terça-feira (31) ao presídio federal de Mossoró. FB era um dos criminosos mais procurados do Rio de Janeiro e foi preso com o comparsa na sexta-feira passada em Campos do Jordão, em São Paulo. Na extensa lista de crimes de FB, chefe do tráfico em vários morros cariocas, está a queda de um helicóptero, em 2009, quando dois policiais morreram. Ele é integrante do Comando Vermelho (CV), que tem outros 10 presos em Mossoró.

FB havia sido preso em São Paulo com Claudinho CL, numa casa de luxo. Os dois foram transferidos durante o fim de semana para a Penitenciária de Bangu I, no Rio de Janeiro, mas ficaram pouco tempo. O Tribunal de Justiça fluminense divulgou nota no início da noite de ontem, autorizando a transferência dos dois para Mossoró. Segundo o Tribunal, o pedido de remoção imediata foi feito pela Secretaria de Segurança Pública do Rio. A previsão era que os dois fossem trazidos para Mossoró durante a madrugada em um voo de carreira. Por questão de segurança, a hora da chegada não foi divulgada.

A possível vinda do traficante mais procurado do Rio de Janeiro já vinha sendo cogitada desde a  prisão, na semana passada. Apontado pela Polícia Civil fluminense como um bandido de alta periculosidade, a permanência dele numa prisão estadual era considerada um risco. Ele ficou isolado em uma cela individual e sem direito a visitas e a banho de sol. Logo após a prisão dos dois, o secretário de segurança do Rio, José Mariano Beltrame, disse que ia pedir a transferência do traficante para um presídio federal em outro Estado. Ambos se enquadram no perfil dos internos do Sistema Penitenciário Federal.

FB era um dos homens mais procurados pela polícia do Rio. O Disque-Denúncia oferecia R$ 10 mil de recompensa por informações que levassem à prisão do traficante. Conforme reportagem divulgada ontem à noite pelo Globo.com, FB disse que comandou a fuga de traficantes do Conjunto de Favelas do Alemão (maior fuga registrada pela televisão, cujas imagens foram reproduzidas no mundo inteiro), em 2010, hoje ocupadas pelo programa da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP). FB disse ainda que continuava a comandar o tráfico de drogas em outras favelas fluminenses.

Ainda de acordo com o site, FB é citado pela secretaria de Segurança como ex-chefe do tráfico de drogas da Vila Cruzeiro. Em 17 de outubro de 2009 ele comandou um ataque ao Morro dos Macacos, também na Zona Norte do Rio, onde traficantes derrubaram um helicóptero da Polícia Militar, matando dois policiais. A matéria afirma ainda que o traficante, segundo a secretaria, foi um dos principais protagonistas de uma onda de atraques a vários pontos do Rio, culminando com a tomada das Forças Policiais ao Complexo do Alemão, em novembro de 2010, que continua ocupado.

FB também foi um dos mentores do sequestro de diplomatas chineses em 2008 e do ataque a policiais da Divisão de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA) em novembro de 2009. FB era considerado foragido da Justiça desde 2002, quando estava preso e fugiu após ser beneficiado pelo regime semiaberto. A polícia chegou ao paradeiro de FB, após uma investigação que começou com a descoberta de um sítio em Itaboraí, na Região Metropolitana do Rio, alugado pelo Comando Vermelho (CV), maior facção criminosa do Rio. Ele é apontado hoje como um dos líderes da facção criminosa.

Fonte: Tribuna do Norte.

Obra da estrada que liga Barreta a Malembá começa nesta semana

Governadora Rosalba Ciarlini assinando a ordem de serviço

O Governo do Estado dá continuidade às obras de investimento em estradas do Rio Grande do Norte com a assinatura da ordem de serviço para implantação e pavimentação do trecho da RN-063, que liga as praias de Barreta e Malembá. A solenidade aconteceu na manhã desta segunda-feira (30), em Nísia Floresta, por onde o trabalho será iniciado ainda nesta semana.

A implantação da RN-063 está orçada em R$ 2.332.897,29 e será executada pela Esse – Engenharia, Sinalização e Serviços Especiais Ltda. A previsão é que ela seja concluída até julho deste ano.

Para a governadora Rosalba Ciarlini, que participou da solenidade, “hoje é um dia de alegria porque eu gosto de ver as coisas acontecerem”. A chefe do Executivo Estadual falou sobre o investimento que está sendo feito pelo Governo do RN na construção e recuperação de rodovias no estado, com recurso total no valor de R$ 110 milhões.

Também estiveram presentes à solenidade a vice-prefeita de Nísia Floresta, Marise Leite; o presidente da Câmara Municipal daquele município, Eugênio Gondin; o diretor do DER-RN, Demátrio Torres; os deputados estaduais Gustavo Carvalho e Hermano Morais; entre outras autoridades.

Fonte: Assecom/RN

Ex-deputado Álvaro Dias poderá assumir a direção estadual da Funasa

Em abril o ex-prefeito Roberto Germano (PMDB) deixará o cargo de diretor estadual da Fundação Nacional de Saúde (Funasa/RN) para disputar a prefeitura de Caicó. É possível que o nome que irá substituí-lo seja o do ex-deputado estadual Álvaro Dias (PMDB).

Por indicação do deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB).

Henrique Alves diz que novo diretor do Dnocs será do PMDB do RN

O deputado Federal e presidente do PMDB do Estado Henrique Eduardo Alves  postou em seu twitter que o novo diretor-geral do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas  -Dnocs - ”será do PMDB do Rio Grande do Norte”.

Está cotado para o cargo o ex-senador Fernando Bezerra. Aguardemos.

Empresa aposta no público gay e cria ‘cuelcinha’, a calcinha para homens

Estilista Beatriz Rouce

Foi para presentear um amigo que a jovem estilista Beatriz Rouce, 21 anos, fabricou sua primeira peça de lingerie masculina. “Eu tenho vários amigos homossexuais, e um dia um comentou que seria interessante se houvesse um produto como esse”, conta a empresária de Americana, no interior de São Paulo.

“Ele gostou, mais amigos pediram, e eu abracei a ideia”, diz Beatriz, que viu no interesse do amigo uma oportunidade de se especializar e abrir a própria empresa.

Nasceram daí as “cuelcinhas” (de cueca + calcinha), batizadas assim por serem criadas para se adequarem à anatomia do homem, mas com todos os babados, rendas e delicadezas das tradicionais lingeries femininas. Hoje, ela contabiliza a venda de cerca de 50 peças por dia, confeccionadas por uma empresa de costura terceirizada. É dela, no entanto, a escolha dos desenhos, tecidos, aviamentos, acabamentos e moldes de toda a produção.

O empreendimento contou com o total apoio dos pais de Beatriz. Donos há 23 anos de uma metalúrgica na cidade, eles financiaram a abertura, em outubro do ano passado, da Comum de Dois, empresa criada para a filha. Hoje, a mãe de Beatriz cuida também da administração da empresa ao lado de seu outro filho, Rodrigo, que é responsável pelos estoques, logística, emissão de notas fiscais e envio da mercadoria aos clientes.

“Meus pais viram uma oportunidade de crescimento e resolveram investir”. Abriram um site na internet, procuraram quem fabricasse as peças e já começaram a receber pedidos e encomendas. As vendas acontecem por Skype e MSN e os produtos são entregues pelos Correios – tudo com a máxima discrição, garante a empresária. Os preços variam de R$ 40 a R$ 55.


Fonte: Portal G1

Jornal o Povo: senador Eunício Oliveira indica novo diretor do Dnocs


Ramon Rodrigues

O jornal o Povo, de Fortaleza, destaca que o novo diretor-geral do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), Ramon Rodrigues, toma posse hoje no comando do órgão federal. Ramon, que é cearense, substitui Elias Fernandes, demitido após denúncias de envolvimento em desvios da ordem de R$ 312 milhões. O escândalo veio à tona após divulgação de auditoria da Controladoria-Geral da União (CGU).

 A escolha de Ramon para responder interinamente pelo Dnocs foi fruto de uma articulação do senador Eunício Oliveira (PMDB) e do governador Cid Gomes (PSDB) com o Palácio do Planalto. Por trás dessa substituição há uma forte disputa por prestígio entre o PMDB do Ceará e o do Rio Grande do Norte, junto ao Governo Federal. O deputado federal Henrique Alves (PMDB-RN) lutou até o último momento para manter Elias Fernandes no comando do Dnocs.

 Segundo a assessoria de imprensa do órgão, a transmissão do cargo acontece às 9h30min. Antes, às 9 horas, Ramon Rodrigues se reúne com os servidores do Departamento. Em seguida, às 14h30min, tem encontro com os coordenadores estaduais do Dnocs.

Dilma Viaja, Temer assume e o PMDB torce

Presidenta Dilma Roussef e o Vice-Presidente Michel Temer

O PMDB, que vem reclamando tanto da distribuição dos cargos no governo, pode ter oportunidade hoje mesmo de resolver seus problemas.

Se tudo ocorrer como previsto na agenda do Palácio do Planalto, a presidenta Dilma Rousseff viaja agora ao meio-dia para Cuba e Haiti.
E o presidente licenciado do PMDB, Michel Temer, assume interinamente a Presidência da República.
Quem sabe ele não chama o líder do partido na Câmara, Henrique Eduardo Alves, para uma conversinha?

Do blog Poder Online

TSE reconhece direito do PSD a tempo de TV e fundo partidário


Vem do blog de Josias de Souza a informação de que a assessoria do Tribunal Superior Eleitoral redigiu um parecer de teor explosivo. O texto reconhece o direito do PSD de Gilberto Kassab de ter acesso ao fundo que financia com verbas públicas o funcionamento dos partidos políticos brasileiros.
Além do dinheiro, o documento menciona também outra mercadoria de inestimável valor político: o tempo de propaganda eletrônica. Anota que, uma vez reconhecido pela Justiça Eleitoral, o PSD tornou-se beneficiário dos “direitos inerentes à constituição regular” de um partido.
Entre eles o direito “de receber o fundo partidário” e de “ter acesso gratuito ao rádio e à televisão”. Se prevalecer esse entendimento, as verbas e o tempo de propaganda serão subtraídos dos partidos que perderam deputados para o PSD.
A legenda que mais perde é o DEM. Mas não é a única. Estão na fila, por exemplo: PTB, PR, PP e, em menores proporções, PSDB, PPS, PSB e PMDB. Os cálculos ainda não foram concluídos. Mas estima-se que migrarão para as arcas do PSD mais de R$ 22 milhões por ano.

Padre Marcelo Rossi confirma presença no Bote Fé Natal

Pe. Marcelo Rossi

O padre Marcelo Rossi confirmou presença no show de gravação do DVD, que acontecerá dia 10 de fevereiro, às 17h, dentro da programação do Bote Fé Natal. No total, serão 25 grandes cantores da Igreja Católica participando do show que é promovido pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, CNBB, Arquidiocese de Natal e Sony Music.
O projeto Bote Fé Natal acontecerá nos dias 10, 11 e 12 de fevereiro. A programação contemplará a passagem da cruz de do ícone de Maria, símbolos da Jornada Mundial da Juventude, evento mundial que será sediado pelo Brasil em 2013. A chamada cruz da JMJ percorrerá as trêsDioceses potiguares, Natal, Caicó e Mossoró .
No caso da gravação do DVD, o evento ocorrerá na Arena Bote Fé, na Praia Forte. Os ingressos estão sendo vendidos ao preço de R$ 25 na Catedral Metropolitana de Natal e na Central Bote Fé no Natal Shopping.
Além do padre Marcelo Rossi, para gravação do DVD estão confirmadas as presenças, entre outras, do padre Fábio de Melo, banda Rosa de Sarom, Adoração e Vida e padre Zezinho.

Pré-candidaturas GLBTs já são 76


Levantamento feito pela Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Travestis e Transexuais (ABGLT) já contabiliza uma relação de 76 pré-candidatos às eleições de outubro.
A maioria é gay, com 43 representantes. Em seguida, aparecem na lista 17 travestis, oito lésbicas, seis transexuais, um bissexual e uma drag queen. De acordo com a entidade, há integrantes do movimento em 21 unidades da federação dispostos a pleitear cargos públicos neste ano. A maioria está em Minas Gerais, com 12 pré-candidatos.
Há 11 em São Paulo e sete em Alagoas. No Rio de Janeiro, há apenas dois representantes do movimento — um da capital e outro de São Gonçalo. A cidade onde há maior número de pré-candidatos é Maceió, com sete representantes.
A associação também listou os partidos que representam os pré-candidatos. São 13 legendas no total. A mais citada é o PT, com 20 políticos. O PSB tem 12, o PCdoB tem oito e o PSDB e o PV têm seis cada um.
Há seis pré-candidatos cujo partido não foi listado. No levantamento, não há indicação do cargo para o qual cada político pretende se candidatar.
Neste ano, os brasileiros escolherão seus prefeitos e vereadores. Os partidos políticos têm até 5 de julho para requerer o registro de seus candidatos na Justiça Eleitoral. As eleições estão marcadas para o dia 7 de outubro.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Muitas felicidades... muitos anos de vida!

Nossos vivas de Parabéns vai para a Sra. Fabiana Marreiro (Biô) esposa do amigo Jeilson Peixoto (Nego), que completou nesta quinta-feira (26) mais uma Primavera.

O Blog do Agreste RN deseja saúde, paz e muitas felicidades!

Parabéns!!!

Eleições 2012: Candidaturas começam a ser definidas na Região Agreste

O Jornal de Hoje na edição de quinta-feira dia 19/01/2012, destacou as alianças políticas e as possíveis candidaturas a chapa majoritária para as eleições do pleito de 07 de outubro próximo, que começaram a ser definidas na Região Agreste. Dentre estas foram posta as configurações do momento atual das seguintes Cidades: Nova Cruz, Santo Antonio, Goianinha, Várzea, Passa e Fica, Lagoa de Pedras, Passagem, São José do Campestre, Espírito Santo, Brejinho, Boa Saúde, Monte Alegre, Serra de São Bento, Monte das Gameleiras e Canguaretama.

Veja a reportagem do Jornal de Hoje:


Prefeito de Pau dos Ferros diz que uso político do Dnocs era de conhecimento público


De acordo com o prefeito de Pau dos Ferros, Leonardo Rêgo (DEM), o uso do Dnocs por Elias Fernandes como ferramenta política é de conhecimento público na Região Oeste do Rio Grande do Norte, reduto eleitoral dos Fernandes. O democrata disse ontem, em entrevista ao Diário de Natal, que um convênio firmado pela prefeitura que ele administra com o Dnocs não teve suas parcelas liberadas por perseguição política.

“Em 2008, quando Elias Fernandes queria indicar o filho (Gustavo Fernandes) para ser candidato a vice-prefeito na minha chapa, me ligou oferecendo um convênio de aproximadamente R$ 950 mil para a pavimentação do perímetro irrigado e construção da adutora de Sítio Novo. Como a parceria política não foi firmada, só foi liberada uma parcela do convênio, no valor de R$ 200 mil, após interferência de Henrique Alves”, declarou o prefeito.

Leonardo Rêgo ressaltou, no entanto, que o convênio não chegou a ser condicionado verbalmente à indicação de Gustavo para a vaga de vice. “Ele (Elias Fernandes) não chegou a dizer que só liberaria o convênio se o filho fosse o vice. Mas, eu sabia das intenções dele de colocar Gustavo como vice. Depois, como não houve a indicação, o dinheiro não saiu. As obras estão paralisadas. Espero que o próximo diretor do Dnocs tenha sensibilidade e libere o restante dos recursos”, enfatizou.

Segundo Rêgo, os prefeitos que confirmavam apoio à candidatura de Gustavo Fernandes nas eleições de 2010 tinham verbas de convênios com o Dnocs liberadas em tempo recorde. “Já chegou prefeito da região que me disse ter recebido recursos de convênios no dia seguinte após anunciar o apoio à candidatura do filho. O dinheiro foi liberado em sua totalidade, sem burocracia. Tudo era facilitado”, denunciou.

Gustavo Fernandes nega uso do Dnocs em sua eleição


Deputado Estadual Gustavo Fernandes
Apesar de o histórico dos convênios firmados pelo Dnocs com municípios do Rio Grande do Norte apontar uma “coincidência” em relação aos votos que o deputado estadual Gustavo Fernandes (PMDB) recebeu nas eleições de 2010, o parlamentar negou que tenha ocorrido favorecimento dos gestores dessas cidades por parte do seu pai, Elias Fernandes (PMDB), em troca de apoios políticos.

De acordo com o peemedebista, os municípios administrados por prefeitos que o apoiaram estão num contexto de várias cidades beneficiadas. “A maioria dos prefeitos, vice-prefeitos e ex-prefeitos que votaram em mim já são ligados ao meu pai há muito tempo. Não houve troca de convênio por apoio político. Muitas cidades onde os prefeitos não me apoiaram também receberam recursos do Dnocs”, argumentou.

O deputado, no entanto, admitiu que o Rio Grande do Norte foi beneficiado no período em que o seu pai esteve à frente do Dnocs. “Desde que assumiu o Dnocs, o PMDB buscou ajudar os municípios administrados pelo partido e outros também. Como havia um diretor do estado, a classe política local foi a ele buscar a liberação de recursos para várias cidades”, ressaltou.

Segundo Fernandes, em nenhum momento Elias utilizou a diretoria geral do Dnocs para fazer política. “”Ele (Elias Fernandes) não chegou a dizer que só liberaria o convênio se o filho fosse o vice.. As cidades de Caraúbas e Macaíba, que são administradas por prefeitos do PMDB que não votaram em mim, também receberam. A gestão do meu pai foi boa para todo o Rio Grande do Norte e outros estados, como o Ceará”, finalizou.

Exoneração de diretor do Dnocs é publicada no Diário Oficial


O Diário Oficial da União publica na edição de hoje (27) a exoneração de Elias Fernandes Neto do cargo de diretor-geral do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs). Ramon Rodrigues, secretário nacional de Irrigação, assume interinamente o cargo.

Fernandes pediu exoneração após denúncias de irregularidades no órgão. O pedido foi feito ontem (26) ao ministro Fernando Bezerra Coelho, da Integração Nacional.

Fernandes é o terceiro diretor exonerado do Dnocs em menos de dois meses. Na segunda-feira (23), foi exonerado o diretor administrativo-financeiro do órgão, Albert Gradvhol. Em dezembro passado, o engenheiro Fernando Ciarlini assumiu a Diretora de Infraestrutura do Dnocs, em substituição a Cristina Peleteiro. Em nota, o ministério informou que está fazendo uma “reestruturação dos quadros das empresas vinculadas à pasta”.